17 fatos interessantes que deveriam ter nos ensinado na escola

17 fatos interessantes que deveriam ter nos ensinado na escola

Há tantos fatos históricos em comuns que não conhecemos e às vezes parece que a realidade é muito mais emocionante do que a ficção. E essas histórias tornam nosso mundo um lugar mais intrigante e interessante. Vamos conferir algumas dessas histórias que você deveria ter aprendido na escola.

 17- Albert Einstein para presidente

Em 17 de novembro de 1952 o primeiro-ministro de Israel ofereceu oficialmente a presidência de Israel a Albert Einstein. O físico agradeceu a oferta explicando que ele não tinha capacidade de lidar adequadamente com as pessoas.

16- A mensagem de socorro mais estranha

Em 1948 vários navios que passaram perto da Malásia receberam mensagens SOS estranhas. Dois navios americanos receberam os sinais de um navio Holandês chamado SS Ourang Medan, cuja mensagem dizia: “todos os oficiais incluindo o capitão estão mortos. Possivelmente toda a tripulação está morta, estou morrendo.” Os navios partiram imediatamente para o resgate e quando subiram a bordo encontraram todos os membros da tripulação mortos, como se estivessem congelados com expressões de terror nos rostos e braços estendidos como se estivessem se defendendo do que viram. Até mesmo o cão foi encontrado da mesma maneira. O mais assustador é que nenhum dos corpos estava ferido.

15- Os pais do Rei Tutancâmon eram irmãos

Estudos recentes de DNA confirmaram que os graves problemas de saúde do rei Tutancâmon como malária e desordem óssea foram consequências de uma união incestuosa: seus pais eram irmãos.

14- As pessoas realmente vestiam sacos de farinha

Na década de 1930 durante a grande depressão dos Estados Unidos as mulheres não tinham muitas opções de escolha quando se tratava de roupas. Elas tiveram que usar a criatividade e utilizaram sacos de farinha feito de algodão para fazer roupas para suas famílias. Quando os fabricantes de sacos de farinha descobriram essa tendência começaram a fazer sacos com padrões diferentes, alguns sacos ainda tinham instruções sobre a maneira adequada de lavar, como fazer um vestido ou uma boneca.

13- O maior pássaro do mundo

Argentavis Magnificens é o fóssil de um pássaro encontrado na Argentina em 1979. Os cientistas dizem que esse pássaro viveu em nosso planeta há 6 milhões de anos. Ele tinha uma envergadura de 6 a 8m e uma altura de 2m. Impressionante hein?

12- A razão pela qual usamos impressões digitais

Esses dois homens são a razão pela qual usamos digitais como forma de identificação: eles tinham o mesmo nome, cumpriram pena na mesma prisão e o mais estranho é que eles nunca tinham se visto antes. Pareciam iguais, embora não tivessem parentesco algum!

11- Chamada de despertar

Antes de existir o relógio despertador existiu uma profissão muito peculiar chamada de Knocker uppers, que pode ser traduzido como despertadores. Eram pessoas que batiam nas janelas com uma vara ou jogavam ervilhas secas nas janelas dos trabalhadores para que acordassem.

10- Beleza asiática dolorosa

No passado as chinesas amarravam os pés para que não crescessem, já que pés pequenos eram considerados bonitos e femininos. Como resultado os seus pés ficavam deformados.

9- Grandes pirâmides de cristal

Usando tecnologia sonar, cientistas descobriram duas pirâmides gigantescas de 1828 m no fundo do mar. Elas são feitas de um material que parece um cristal grosso e são maiores do que a Pirâmide de Gizé no Egito.

8- Stalin inventou o Photoshop

Dizem que toda vez que Joseph Stalin era informado sobre um morto ou desaparecido, ele ordenava que fossem excluídos das fotos que haviam tirado juntos. Assim começou a história do retoque de foto.

7- Alguns santos parecem estar dormindo

Existe a crença de que os corpos dos santos não se desintegram. O corpo intacto mais antigo é o de Santa Cecília, que foi martirizado em 177 d.C. Seu corpo ainda permanece muito semelhante ao que era em 1700 anos quando foi descoberto, desafiando todas as leis da natureza.

6- Pista para localizar o Santo Graal

O Shepherd’s Monument em Staffordshire, Inglaterra, possui uma inscrição misteriosa: DOUOSVAVVM. Ninguém sabe quem a colocou lá e ninguém sabe o que significa, mas muitos acreditam que pode ser uma mensagem deixada pelos cavaleiros templários para encontrar a localização exata do Santo graal.

5- De onde vem a palavra “hooker”

Durante a guerra civil americana, o general Joseph Hooker sempre assegurou que seus soldados ficassem satisfeitos, e de bom humor, levando muitas mulheres aonde as suas tropas iriam. Hoje, seu nome é usado como gíria em inglês para prostituta.

4- As múmias mais horripilantes

As múmias mais horripilantes do mundo são as múmias de Guanajuato. Pelas expressões de seus rostos parecem ter sido enterradas vivas ou torturadas até a morte.

3- Apenas um xarope contra tosse para os nossos antepassados

Entre 1890 e 1910 a heroína produzida pela Bayer era vendida como um substituto não viciante da morfina. E também como um xarope infantil para tosse.

2- Achavam que Rasputin fosse imortal

Durante sua vida, o místico russo Rasputin sobreviveu a muitas tentativas de assassinato: foi envenenado, esfaqueado e levou um tiro, tudo em uma única noite. Os assassinos pensaram que ele fosse mortal até que dispararam vários tiros contra ele e o jogaram nas águas geladas do Rio Neva. Encontraram seu cadáver poucos dias depois.

1- Um macaco lutou bravamente na primeira guerra mundial

Um babuíno sul-africano, Jackie, foi encontrado por Albert Marr logo antes da primeira guerra mundial. Quando a guerra começou Albert se alistou no exército e levou o Jackie consigo. Jackie não só divertia os soldados mas também os avisou da aproximação do inimigo e participou até mesmo do combate. No final recebeu uma medalha por sua bravura, já que foi dispensado do serviço quando a guerra terminou e viveu com seu mestre até 1921.

Essa é a era da informação e muitas vezes descobrimos novos passos que substituem pontos de vista anteriores certo?

Então aqui está o nosso BÔNUS:  6 fatos históricos em que acreditávamos desde os dias da escola que acabaram se mostrando os falsos.

  • Napoleão e o nariz da Esfinge

A grande esfinge de Gizé é conhecida pela falta do nariz. Segundo a lenda o exército de Napoleão destruiu essa parte da Esfinge durante uma batalha com os turcos em 1798. No entanto existem anotações do viajante dinamarquês Frederic Norden que retrata a estatua sem nariz já em 1737, o que refuta a história de Napoleão.

  • Van Gogh e sua orelha

A história do artista supostamente ter cortado sua orelha e enviado para sua amada é bastante exagerada, na realidade tudo aconteceu depois de um conflito com seu amigo Paul Gauguin, durante o qual Van Gogh o atacou com uma navalha. Em um ataque de remorso, ou segundo alguns pesquisadores, loucura, Vincent cortou um lóbulo da sua orelha, naquela mesma noite.

  • Capacetes de Vikings com chifres

Estamos acostumados a ver os Vikings retratados com seus capacetes de chifres. Mas os arqueólogos ainda não sabem dizer qual era a forma da sua proteção de cabeça. Os capacetes foram desenhados apenas em seus túmulos e os cientistas acham que eram usados para rituais, e não em combate. Além disso tinham sido usados já na era do Bronze muito antes da época dos vikings.

  • Stonehenge

Stonehenge é um dos maiores mistérios do mundo, e regularmente surgem novas hipóteses sobre ele. No entanto, originalmente não se parecia nada com o que é hoje. Em 1901, William Gowland iniciou a restauração do monumento e fotos recentes provam que agora está bastante diferente do que era nos tempos antigos.

  • Descoberta da América

Nas aulas de História nos disseram que Cristóvão Colombo descobriu a América em 1492. No entanto os primeiros europeus que viajaram para o novo mundo foram os vikings no final do século X. Foi quando ocorreu o primeiro contato genético também.

  • Poemas de Ossian

O poeta escocês James McPherson ficou conhecido por traduzir do gaélicos os poemas de Ossian um bardo Celta do século III. No entanto quando confrontado com demandas para apresentar os manuscritos McPherson fugiu do assunto. Os manuscritos ainda não foram encontrados e os próprios poemas são agora considerados uma mistificação. Ossian é nas palavras de Thomas, a falsificação literária mais bem-sucedida da história moderna.

Então qual fato mais o impressionou? O nosso favorito é aquele sobre o macaco que lutou na Primeira Guerra Mundial

Deixe um comentário

shares